Arquitetura

O projeto de conservação de edificações históricas possui metodologia específica e diferenciada dos serviços de reforma.

Em relação a essa metodologia, constata-se que

  • A.

    as pesquisas histórica e iconográfica da edificação, objeto da intervenção, fazem parte dela.

  • B.

    a descrição dos materiais e do estado de conservação da edificação, objeto da intervenção, como etapa a ser cumprida, é indispensável.

  • C.

    a especificidade do projeto de conservação de edificações históricas exige que as intervenções, em geral, sejam feitas antes de qualquer tipo de avaliação estrutural ou análise histórica prévias.

  • D.

    o relatório fotográfico integra obrigatoriamente a metodologia de projeto de conservação de edificações históricas, ilustrando e registrando todas as fases do processo de intervenção.

  • E.

    o mapeamento de danos do bem cultural, objeto do projeto de conservação, é etapa obrigatória e tem como objetivo identificar e diagnosticar, de maneira plena, as causas provocadoras de danos e as patologias nos diversos materiais que o constituem.