Arquitetura

No Pavilhão do Brasil em Osaka de autoria do arquiteto Paulo Mendes da Rocha, a cobertura, em concreto protendido, é definida por duas vigas longitudinais com altura variável, amarradas por vigas transversais de concreto armado com cerca de 2 m de altura, que se repetem a cada 2 m. Entre essas últimas, dispõem-se domos, fechados com vidro. O conjunto desenha uma grelha que se interrompe aproximadamente a 5 m antes das divisas laterais, cujas extremidades menores recebem uma viga de bordo, com desenho em forma de seta apontada para baixo. As vigas longitudinais têm sua linha inferior desenhada em curvas suaves.

Com base no texto e nas imagens acima, julgue os itens de 41 a 46.

As letras B e C, na figura III, indicam, respectivamente, uma viga longitudinal e uma viga transversal.

  • C. Certo
  • E. Errado