Arquitetura

Os circuitos das instalações elétricas são as linhas de transmissão de energia interna, que se desenvolvem a partir da origem da instalação e podem ser de dois tipos: os circuitos de distribuição e os terminais. A divisão da instalação elétrica de uma edificação, em circuitos terminais,

  • A.

    dificulta a passagem dos condutores nos eletrodutos e as ligações deles nos terminais dos aparelhos de utilização.

  • B.

    possibilita que a queda de tensão e a corrente nominal sejam menores, além do dimensionamento de condutores e dispositivos de proteção de menor seção e menor capacidade nominal.

  • C.

    facilita a operação e manutenção, mas aumenta a interferência quando da utilização de equipamentos elétricos.

  • D.

    deve considerar a necessidade de diferenciar ao máximo as várias fases, isto é, as potências instaladas em cada fase devem ser muito distintas umas das outras.

  • E.

    deve prever circuitos de iluminação unidos às tomadas de uso geral, desde que divididos racionalmente pelos setores da unidade da edificação.