A concepção estrutural de um edifício envolve a utilização de materiais diversos, como concreto armado, alvenarias de tijolos ou blocos, esquadrias metálicas e de madeira, revestimentos, telhado, instalações elétricas e hidráulicas etc. À otimização da construção, algumas diretrizes gerais devem ser consideradas. De acordo com o processo de concepção estrutural de um edifício, assinale a alternativa correta sobre as diretrizes gerais à otimização da construção.
  • A. A transferência de cargas deve ser sempre indireta; deve-se utilizar sempre o apoio de vigas importantes (chamadas apoios indiretos), bem como o apoio de pilares em vigas (chamadas vigas de transição).
  • B. Os elementos estruturais devem ser sempre os mais diversificados e heterogêneos possíveis; quanto à geometria e quanto às solicitações, as vigas devem, em princípio, apresentar vãos diferenciados, no máximo possível, entre si.
  • C. A construção está sujeita a ações (por exemplo, o efeito do vento) que acarretam solicitações nos planos horizontais da estrutura; estas solicitações são, normalmente, resistidas pela vigas, ortogonais entre si, as quais devem apresentar resistência e rigidez adequadas; para isso, é importante a orientação criteriosa das seções longitudinais das vigas.
  • D. As dimensões contínuas da estrutura, em planta, devem ser, em princípio, superiores a 30 m para minimizar os efeitos da variação de temperatura ambiente e da retratação do concreto; em construções com dimensões em planta inferiores a 30 m, é desejável a utilização de juntas estruturais ou juntas de separação que decompõem a estrutura original, em um conjunto de estruturas independentes entre si, para minimizar estes efeitos.
  • E. O posicionamento dos elementos estruturais na estrutura da construção pode ser feito com base no comportamento primário dos mesmos; as lajes são posicionadas nos pisos dos compartimentos para transferir as cargas dos mesmos para as vigas de apoio; as vigas são utilizadas para transferir as reações das lajes, juntamente com o peso das alvenarias, para os pilares de apoio (ou, eventualmente, outras vigas), vencendo os vãos entre os mesmos; e os pilares são utilizados para transferir as cargas das vigas para as fundações.