Um empreendedor promove a construção ou a adaptação de edifícios ou gerencia o seu uso. Estes, devido aos recursos consumidos e às emissões, aos efluentes e aos resíduos produzidos, causam impactos ao ambiente, em qualquer que seja a fase de sua vida (realização, uso e operação, adaptação, desconstrução). O empreendedor deve gerenciar suas próprias funções internas e seus fornecedores (projetistas, construtoras etc.) a fim de reduzir o impacto ambiental de seus empreendimentos e de assegurar o conforto e a saúde das pessoas por eles afetadas. A obtenção do desempenho ambiental de uma construção envolve tanto uma vertente de gestão ambiental como uma de natureza arquitetônica e técnica. Um dos métodos mais confiáveis para tanto é apoiar-se numa organização eficaz e rigorosa do empreendimento. A fase correta para se iniciar este empreendimento para que ele satisfaça a todas as condições acima expostas é
  • A. durante a construção da obra.
  • B. na elaboração do Projeto Legal.
  • C. na elaboração do Programa de necessidades.
  • D. na contratação de mão de obra especializada.