No estado de São Paulo, a disponibilidade hídrica superficial distribui-se de maneira bastante desigual entre as diversas UGRHIs (Unidades de Gerenciamento de Recursos Hídricos). As UGRHIs classificadas como industrializadas – cinco no total – localizam-se na região sudeste do Estado, onde cerca de 90% do total de habitantes vivem em áreas urbanas. Quanto à disponibilidade hídrica, está correto afirmar que
  • A. as UGRHIs industrializadas possuem taxas altas de tratamento de esgoto, quando comparadas às demais.
  • B. a UGRHI 02 – Paraíba do Sul, é classificada na categoria de alta criticidade.
  • C. as UGRHIs 05 – Piracicaba, Capivari e Jundiaí e 10 – Tietê/Sorocaba estão classificadas na categoria crítica.
  • D. a UGRHI 06 – Alto Tietê, é classificada na categoria menos crítica, por apresentar a menor demanda em relação à vazão mínima.
  • E. a UGRHI 07 – Baixada Santista, é classificada na categoria mais crítica, por apresentar a maior demanda em relação à vazão mínima.