Arquivologia Arquivos Permanentes

Considere o trecho abaixo, de Heloísa Bellotto (Arquivos permanentes, 2007, p. 227).

Os arquivos públicos existem com a função precípua de recolher, custodiar, preservar e organizar fundos documentais originados na área governamental, transferindolhes informações de modo a servir ao administrador, ao cidadão e ao historiador. Mas, para além dessa competência, que justifica e alimenta sua criação e desenvolvimento, cumpre-lhe ainda uma atividade que, embora secundária, é a que melhor pode desenhar os seus contornos sociais, dando-lhe projeção na comunidade, trazendo-lhe a necessária dimensão popular e cultural que reforça e mantém o seu objetivo primeiro.

A autora refere-se ao serviço

  • A.

    comunitário e de informação em linha.

  • B.

    comutativo e de auxílio ao leitor.

  • C.

    domiciliar e de empréstimo de documentos.

  • D.

    educativo e de apoio cultural.

  • E.

    corporativo e de processamento técnico.