Arquivologia Gerenciamento da Informação e Gestão de Documentos Avaliação de documentos

Pode-se afirmar que o Ato da Mesa no 62, de 29 de maio de 1985, que dispõe sobre os arquivos da Câmara dos Deputados, tem inegável caráter pioneiro em relação à legislação arquivística brasileira, pois antecipa a necessidade de

  • A.

    digitalizar os documentos em suporte-papel, diminuindo as grandes massas acumuladas.

  • B.

    terceirizar os encargos de guarda e acesso, tornando mais ágil a gestão de documentos da fase intermediária.

  • C.

    eximir a Coordenação de Arquivo de toda e qualquer responsabilidade sobre a integridade física dos documentos.

  • D.

    condicionar o processo de avaliação ao levantamento da produção documental da instituição.

  • E.

    deixar a critério de cada unidade administrativa a decisão sobre os instrumentos informatizados de controle do acervo.