Arquivologia Conceitos Fundamentais

O conceito de arquivo vem sendo moldado há muitos anos. O mais antigo manual de arquivística, o Manual de Arranjo e Descrição dos arquivistas holandeses, publicado em 1898, conceituou arquivo como "o conjunto de documentos escritos, desenhos e material impresso, recebidos ou produzidos oficialmente por determinado órgão administrativo ou por um de seus funcionários, na medida em que tais documentos se destinavam a permanecer na custódia deste órgão ou funcionário".

As mudanças do conceito de arquivo a partir das primeiras décadas do século XX não incluem o(a)

  • A.

    uso, cada vez maior, dos diversos suportes materiais.

  • B.

    superação da idéia de que os arquivos constituem conjuntos de documentos destinados a permanecer sob custódia permanente das instituições arquivísticas.

  • C.

    abandono da noção de que os arquivos podem ser formados também por documentos produzidos ou recebidos por pessoas físicas.

  • D.

    consenso de que os arquivos podem ser constituídos por documentos acumulados pelas entidades privadas.