Arquivologia Gerenciamento da Informação e Gestão de Documentos

Para organizar adequadamente um acervo, o arquivista deve conhecer a origem que dita o fundo, a evolução institucional que lhe permite detectar alterações, acréscimos e supressões de órgãos internos, etc. Nessa direção, o arquivista analisa o material em termos de:

I - proveniência

II - história da entidade

III - origens funcionais

IV - conteúdo

V - tipos de material

Ele observa que somente dois desses cinco itens podem ser detectados a partir do exame direto da documentação. São eles:

  • A.

    I e II

  • B.

    I e III

  • C.

    II e III

  • D.

    III e IV

  • E.

    IV e V