T. R. Schellenberg, em sua obra Arquivos Modernos, elabora várias recomendações a serem consideradas quando da avaliação documental. Assinale a opção que não corresponde a uma recomendação do autor.

  • A.

    Os padrões para a avaliação não devem ser encarados como absolutos ou finais.

  • B.

    O arquivista deve avaliar o acervo em partes, baseando-se nas unidades administrativas do órgão, separadamente.

  • C.

    O arquivista deve aplicar os padrões de avaliação com moderação e bom senso. Não deve conservar nem demais nem de menos.

  • D.

    Na avaliação de documentos sobre assuntos que não domine o arquivista deverá buscar o auxílio de especialistas na área.

  • E.

    O arquivista pode usar diferentes critérios na avaliação de documentos de diferentes períodos históricos.