A aplicação dos princípios da administração científica para a solução dos problemas documentais gerou o conjunto de princípios da gestão de documentos, os quais resultam, sobretudo, na necessidade de se racionalizar e modernizar as administrações. Não se tratava de uma demanda setorizada, produzida a partir das próprias instituições arquivísticas. A gestão de documentos veio a contribuir para as funções arquivísticas sob diversos aspectos: ao garantir que as políticas e atividades dos governos fossem documentadas adequadamente; ao garantir a melhor organização desses documentos, caso tivessem valor permanente; ao inibir a eliminação de documentos de valor permanente; ao definir criteriosamente a parcela dos documentos que constituiriam o patrimônio arquivístico do país, ou seja, 5% da massa documental produzida (segundo a UNESCO).

 Tendo o texto acima por referência inicial, julgue os itens a seguir quanto aos métodos e metodologias de arquivologia.

A gestão de documentos pode ser interpretada como o processo de reduzir seletivamente a proporções manipuláveis a massa de documentos, de forma a conservar permanentemente os que têm valor cultural futuro, sem menosprezar a integridade substantiva da massa documental para efeitos de pesquisa.

  • C. Certo
  • E. Errado