A necessidade de reduzir erros, no arquivamento de grande volume documental que utiliza o número como elemento principal, orientou o surgimento do método dígito terminal, em que os documentos são numerados sequencialmente, e os números dispostos em três grupos de dois dígitos cada um (grupos: primário, secundário e terciário). Nesse método, os dossiês com os números (1) 034899, (2) 306218, (3) 482920, (4) 557718 e (5) 513120 ficam organizados na ordem
  • A. 1,3,4,2,5
  • B. 2,4,3,5,1
  • C. 3,2,1,5,4
  • D. 3,5,4,2,1
  • E. 4,5,3,1,2