A conservação curativa ou reparadora consiste, principalmente, na intervenção direta sobre o bem cultural com o propósito de retardar sua deterioração. Com a ciência da conservação, foram reveladas muitas questões importantes para se entender a deterioração e se desenvolver as ferramentas para evitá-las, na medida do possível. A partir dessas informações, julgue os itens seguintes.

Nos últimos tempos, observa-se o crescente uso de estratégias voltadas à conservação passiva, em detrimento da intervenção direta sobre as obras, que limitam o tratamento a uma parte muito pequena da coleção; por isso, a ciência da conservação, motivada pelos erros cometidos em tratamentos passados, concentra, hoje, seus esforços mais na prevenção do dano que no desenvolvimento de tratamentos diretos.

  • C. Certo
  • E. Errado