Sob a perspectiva da metodologia arquivística, a análise tipológica de documentos produzidos/recebidos/acumulados por determinada entidade requer o conhecimento prévio
  • A. dos planos de destinação já estabelecidos.
  • B. dos critérios utilizados na elaboração de tabelas de temporalidade.
  • C. do texto completo dos seus “documentos vitais”.
  • D. das funções da própria entidade, definidas por leis e regulamentos.
  • E. da quantidade de séries documentais identificadas.