A cada novo usuário, e até mesmo pela simples possibilidade de um novo usuário, o documento permanece aberto e, obviamente, também o seu contexto. Esta afirmação de Verne Harris (1997) ilustra o que se costuma chamar, no âmbito da teoria arquivística, de postura
  • A. positivista.
  • B. pós-moderna.
  • C. estruturalista.
  • D. funcionalista.
  • E. erudita.