As diretrizes para a implementação de repositórios digitais confiáveis para a transferência e recolhimento de documentos arquivísticos digitais, estabelecidas pela Resolução no 39 do Conselho Nacional de Arquivos, de 29 de abril de 2014, NÃO tomam por base, como texto de referência,
  • A. o PREMIS Data Dictionary for Preservation Metadata, que apresenta um conjunto de elementos de metadados de preservação para apoiar sistemas que gerenciam objetos digitais.
  • B. a I Conferência Nacional de Arquivos − CNARQ, que trata da elaboração de uma política nacional de arquivos e dos problemas de acesso às informações.
  • C. o Open Archival Information System − OAIS, que identifica o ambiente, os componentes funcionais, suas interfaces internas e externas e os objetos de dados e informações de um repositório digital.
  • D. o Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting − OAI-PMH, que permite a interoperabilidade entre repositórios e facilita a disseminação eficiente de conteúdo.
  • E. o e-ARQ, que orienta a implantação da gestão arquivística de documentos, fornece especificações técnicas e funcionais, além de metadados para orientar sistemas informatizados.