São considerados documentos intermediários os que,
  • A. sendo sigilosos, não podem se incorporar ao arquivo corrente, permanecendo no serviço de protocolo.
  • B. sendo ainda de uso corrente, já foram enviados ao arquivo permanente para sua incorporação aos devidos fundos.
  • C. de acordo com as tabelas de temporalidade, constituem parte do arquivo permanente que ainda aguarda classificação.
  • D. não sendo de uso corrente nos órgãos produtores, por razões de interesse administrativo, aguardam eliminação ou recolhimento para guarda permanente.
  • E. não tendo ainda recebido aval por parte dos historiadores, não podem ser submetidos às tabelas de temporalidade.