Artes Artes Cênicas

As comédias do dramaturgo romano Plauto (século III a.C.) criaram personagens notórios, tendo sido retomadas por William Shakespeare, Molière e, no caso brasileiro, por Ariano Suassuna, em sua comédia "O santo e a porca. Imitação nordestina de Plauto" (1957). A alternativa que caracteriza corretamente a dramaturgia de Plauto e da Comédia Nova Romana é:
  • A. A Comédia Nova Romana, à qual a dramaturgia de Plauto pertence, é marcada por personagens políticos e sobrenaturais, como deuses e heróis;
  • B. A comédia latina de Plauto se opõe à tradição grega e busca produzir uma dramaturgia autônoma e inovadora, pondo em cena temas relativos ao poder e à vida pública, como a biografia dos cônsules e senadores;
  • C. Plauto privilegia personagens de elevado senso moral que expressam os valores e as preocupações dos cidadãos da Roma republicana, tais como os vencedores da Segunda Guerra Púnica;
  • D. A Comédia Nova Romana de Plauto debruça-se sobre os mitos originais e ancestrais do Lácio e dos fundadores de Roma, englobando a tradição e a vida pública como objeto do riso cômico;
  • E. A dramaturgia de Plauto é povoada por tipos sociais característicos, como o escravo esperto, o velho avaro, a cortesã, os jovens amantes e os parasitas sociais.