Artes Artes Cênicas Dança

Salles (2007) cita o bailarino e coreógrafo Alwin Nikolais:

“Coreografar para outra pessoa é como entregar a alguém um punhado de areia. Muita coisa se perde. Mas a gente aprende a se contentar com uma percentagem razoável”.

A frase remete

  • A.

    ao exercício da coreografia, que trabalha com o planejamento da dança, mas não com sua prática.

  • B.

    à profissão do coreógrafo, isolada das outras instâncias na produção do espetáculo de dança.

  • C.

    às dificuldades do coreógrafo para se fazer entender para os bailarinos.

  • D.

    à característica coletiva do trabalho da dança que mostra uma rede criadora densa e complexa graças à interação.

  • E.

    à inexistência de uma gramática coreográfica que permita anotar movimentos que possam ser compreendidos e lidos.