Augusto Boal sistematizou procedimentos que, em seu conjunto, definem uma metodologia para o exercício do teatro cujo principal objetivo é transformar o povo “espectador”, ser passivo no fenômeno teatral, em improvisador, em revolucionário, em cidadão político. O autor denominou esse conjunto de procedimentos metodológicos de Teatro:
  • A. de Anônimo
  • B. da Crueldade
  • C. do Distanciamento
  • D. do Oprimido
  • E. do Absurdo