A política centralista tem papel predominante, nos territórios locais, na contextualização da política curricular mediante a concepção, implementação e avaliação de projetos curriculares que são recontextualizados em função de orientações políticas que assegurem a igualdade.

  • A.

    artes plásticas, desenho, música e teatro.

  • B.

    artes, expressão corporal, música e artes cênicas.

  • C.

    artes visuais, desenho geométrico, música e artes cênicas.

  • D.

    artes visuais, dança, música e teatro.