A escala estabelecida pela International Standards Organization (ISO), para sensibilidades de filmes e/ou sensores, é uma fusão das escalas de dois sistemas anteriores – o ASA (American Standards Association) e o DIN (Deutsche Industrie Normen). Evidenciando-se a necessidade em se elevar o valor da ISO na câmera, no momento da exposição, pode-se concluir:
  • A. pretende-se evitar o registro de ruídos na imagem.
  • B. a objetiva é pouco luminosa e não se pretende elevar o tempo de exposição.
  • C. a objetiva é pouco luminosa e não se pretende diminuir o tempo de exposição.
  • D. há excesso de luz no ambiente para a exposição pretendida.
  • E. a objetiva é bastante luminosa, mas a ausência de filtros nos leva à elevação do valor da ISO.