Antes de serem enviados para a gráfica, onde são produzidas as matrizes, é recomendável que sejam tiradas provas dos fotolitos de policromias. As provas têm um custo alto, mas podem evitar prejuízos causados pela impressão de uma tiragem a partir de originais com erros. Devido ao custo, elas em geral são dispensadas em impressos sem policromia, sendo suficiente a análise atenta dos fotolitos (OLIVEIRA, 2000, p. 1000).

O tipo de prova de fotolito mais confiável para o offset é
  • A. dye sublimation.
  • B. pressmatch.
  • C. matchprint.
  • D. cromalin.
  • E. prova de prelo.