O Pagador de Promessas foi escrita em 1959 por Dias Gomes e encenada pela primeira vez em 1960 no Teatro Brasileiro de Comédias (TBC), em São Paulo, sob a direção de Flávio Rangel. A alternativa que caracteriza corretamente a importância dessa peça na dramaturgia moderna brasileira é:
  • A. Dias Gomes escolheu o TBC, pois, desde as suas origens, esse teatro preferia peças de autores nacionais e privilegiava uma dramaturgia preocupada com os problemas sociais brasileiros;
  • B. nessa peça, Dias Gomes encenou o embate entre o homem e o sistema social, enaltecendo o papel da Igreja na formação do povo, no estímulo à tolerância e na proteção aos mais fracos;
  • C. com essa peça, Dias Gomes produziu uma dramaturgia caracterizada por questões políticas abordadas em um contexto nacional, buscando na periferia os personagens aptos a caracterizarem o povo brasileiro;
  • D. o personagem Zé do Burro encarnou a chance de ascensão social que o Brasil moderno oferecia, como meio concreto para sair do subdesenvolvimento;
  • E. o enredo dessa peça abordou o tema da liberdade religiosa na sociedade brasileira, valorizando o passado de sincretismo entre os cultos africanos e o cristianismo, já superado.