• A. um modelo de exposição que apresenta as obras classificadas por gênero e estilo;
  • B. a exploração da relação entre o espectador, o espaço, o objeto exposto e a arquitetura;
  • C. C) uma predisposição exata da sequência das obras, para privilegiar o ponto de vista frontal do observador;
  • D. a condição de sacralidade conferida às obras, dispostas em suportes de vidro que as fazem "flutuar";
  • E. o estabelecimento de um percurso expositivo obrigatório, para ilustrar a evolução temporal das obras do passado.