Guernica, de Picasso, traz a ideia do repúdio aos horrores de uma guerra específica. Uma pessoa que não conheça as intenções conscientes de Picasso pode ver Guernica e sentir ou não impactos marcados pela intenção do artista e pode sentir outros, gerados pela relação entre as imagens da obra de Picasso e os dados de sua experiência pessoal. Um exemplo de outros impactos gerados pela experiência pessoal é o caso do adolescente que, vendo a figura a seguir, a relaciona a uma explosão nuclear. Assim, a forma artística vai além das intenções do artista, logo é INCORRETO afirmar que:

  • A. Em síntese, a obra de arte pode significar coisas diferentes, resultantes da experiência de cada um.
  • B. Diante de uma obra de arte, o espectador pode realizar somente interpretações na dimensão subjetiva.
  • C. Diante de uma obra de arte, intuição, raciocínio e imaginação atuam tanto no artista como no espectador.
  • D. A experiência da percepção rege o processo de conhecimento da arte, ou seja, a compreensão estética e artística.