Questão 48987 - Cultura

Concurso:

Cargo:

Banca:

Nível:

Atualidades e Conhecimentos Gerais Brasil e Localidade Específicas Brasil Cultura

Um panorama da literatura brasileira permite identificar nomes e obras marcantes, alguns dos quais traduzidos e admirados em diversos idiomas. Entre fins do século XIX e os dias de hoje, é possível passar em revista essa literatura, captando momentos expressivos por ela alcançados. Relativamente a esse quadro, assinale a opção incorreta.

  • A.

    Marco da literatura brasileira, cuja texto atravessa o tempo sem perder a atualidade, Machado de Assis tem importância capital na configuração de uma tradição brasileira de literatura urbana, com uma obra fortemente marcada pelo realismo

  • B.

    Com Os sertões, Euclides da Cunha produz um clássico no qual a geografia, as condições políticas e as estruturas sociais de uma época e de uma região – o Nordeste de Canudos – são elementos vitais para a análise de um universo de extremado misticismo e irracionalismo.

  • C.

    No Brasil dos anos 20, em que as transformações se processam com maior rapidez e as crises se multiplicam, com intensa efervescência política, a Semana de 1922 é o marco simbólico do modernismo, para muitos a grande síntese da cultura brasileira

  • D.

    Embora vanguardista por excelência, o modernismo brasileiro passou ao largo da poesia; enquanto se multiplicavam romances, contos e crônicas identificados com os cânones modernistas, a poesia permaneceu presa ao velho formalismo dos parnasianos.

  • E.

    Considerada uma das obras-primas da literatura universal do século XX, Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, é pródigo na experimentação da linguagem, na aproximação entre prosa e poesia e, para muitos de seus analistas, é romance que trata de um sertão universal, aquele que está em toda parte.