Atualidades e Conhecimentos Gerais Brasil e Localidade Específicas Brasil Economia

A partir dos anos de 1990, estados e municípios articularam- se em busca de investimentos estrangeiros, patrocinados pelo governo central, agências federais, fundos estaduais e bancos oficiais, como o BNDES, e ofereceram a devolução do imposto recolhido (ou o devido) às próprias empresas, por meio das mais variadas formas de financiamento, sempre a taxas mais generosas que às do mercado.

A guerra foi chamada “fiscal” por estar baseada no jogo com a receita e a arrecadação futura do ICMS. Envolvia, porém, diferentes taxas e financiamento para capital de giro e infraestrutura, incluindo terraplanagem, vias de acesso, terminais portuários, ferroviários e rodoviários, assim como malhas de comunicação e mesmo a diminuição das tarifas de energia elétrica.

Nos municípios, as taxas, o IPTU e o ISS foram oferecidos por até trinta anos. (http://www.scielo.br. Adaptado)

Um dos setores industriais mais beneficiados pela guerra fiscal foi o

  • A. de papel e celulose.
  • B. automobilístico.
  • C. metalúrgico.
  • D. eletroeletrônico.
  • E. agroalimentício.