Atualidades e Conhecimentos Gerais Brasil e Localidade Específicas Brasil Geografia

O Índice de Desenvolvimento Social (IDS) é um indicador sintético cujo cálculo pode ser feito integrando-se diferentes componentes que mensuram o grau de desenvolvimento social de um país. O IDS superior a 8,50 reflete situações de alto desenvolvimento social; o IDS menor que 8,50 e igual ou maior do que 7,50, situações de médio-alto desenvolvimento social; o IDS menor do que 7,50 e igual ou maior do que 5,00, situações de médio-baixo desenvolvimento social e o IDS inferior a 5,00 indica situações de baixo desenvolvimento social. Conforme medições feitas por Albuquerque (2011), que trabalha com cinco componentes (saúde, educação, trabalho, rendimento e habitação) e doze subcomponentes, o IDS Brasil teve um crescimento médio anual de 2,0% no período compreendido entre 2000 e 2010 (6,67 para 8,14). Considerando esses dados, os tomadores de decisão que queiram orientar ou ajustar as políticas públicas para o desenvolvimento social poderiam concluir que:

  • A.

    os resultados obtidos até 2010 indicam que o país está próximo de atingir um IDS superior, que reflete situações de alto desenvolvimento social e as políticas sociais devem ser mantidas com o objetivo central de superar o índice de 8,5.

  • B.

    os resultados obtidos até 2010 são satisfatórios e as políticas sociais atuais devem ser mantidas para garantir a estabilidade do IDS em 8,14, equivalente a situações de médio-alto desenvolvimento social, pois este nível corresponde ao de desenvolvimento econômico do Brasil.

  • C.

    os resultados podem melhorar e devem ser estudados conjuntamente com os resultados do IDS (2000- 2010) para cada um de seus cinco componentes e doze subcomponentes a fim de focar as ações no componente com pior performance.

  • D.

    deve-se focar as políticas públicas com vistas a alcançar um crescimento econômico médio anual de 7%.

  • E.

    os resultados podem melhorar e devem se estudados analisando-se as relações entre seus componentes para definir metas de desenvolvimento social que permitam reduzir os desequilíbrios entre os diversos componentes que integram o IDS.