Atualidades e Conhecimentos Gerais Brasil e Localidade Específicas Brasil Política

No dia 10 de junho de 2009 o Ministro Guido Mantega informou que o Brasil, tradicional devedor do Fundo Monetário Internacional, passaria a ser credor. Segundo o portal IG(ultimosegundo.ig.com.br/), ele lembrou que, em abril, na reunião do G-20, o Brasil se comprometeu, em conjunto com outros países, a ajudar a elevar os recursos do FMI em até US$ 500 bilhões, para ajudar a suprir problemas de liquidez de alguns países que sentiram a crise global de forma mais acentuada. Mantega explicou que a emissão do bônus é, na verdade, uma aplicação financeira dos recursos das reservas internacionais brasileiras. Ele disse que a maior parte dos recursos das reservas estão aplicados em títulos do Tesouro norte-americano, que estão rendendo pouco. E, o restante, está alocado em outras aplicações sólidas, como esta que será feita com o FMI. O ministro acentuou que o Brasil vai dar um financiamento imediato de

  • A.

    10 bilhões de dólares.

  • B.

    1 bilhão de dólares.

  • C.

    30 bilhões de dólares.

  • D.

    1,5 bilhões de dólares.

  • E.

    100 bilhões de dólares.