A rede urbana de Santa Catarina caracteriza-se por não apresentar dominância absoluta de uma única cidade, mas sim uma distribuição multipolarizada de núcleos urbanos de médio porte. Sobre essa realidade, assinale a alternativa incorreta.

  • A.

    Lages, cuja origem está relacionada às tropas de gado que atravessavam o território catarinense, e Chapecó, localizada no Oeste do estado, são capitais regionais situadas no planalto catarinense.

  • B.

    Dentre os fatores que condicionaram o desenvolvimento da rede urbana catarinense, destacam-se o relevo acidentado, a hidrografia com diversas bacias isoladas, a deficiência da rede de transportes, a formação histórica e as diferenças culturais.

  • C.

    Além da capital, há em Santa Catarina várias cidades-pólo que se estendem pela faixa litorânea ao longo do eixo da BR-101, como é o caso de Joinville, Itajaí e Criciúma.

  • D.

    Localizada em uma ilha, Florianópolis, a capital político-administrativa do estado é a maior cidade catarinense, repetindo uma situação comum no país, onde a maioria das capitais são grandes metrópoles.

  • E.

    Blumenau destaca-se como centro prestador de serviços para todo o vale do Itajaí, pólo turístico e maior centro têxtil de Santa Catarina, sendo que a sua configuração espacial foi bastante influenciada pelo curso do rio Itajaí- Açu.