Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), existem 191 países hoje no mundo. Mas há algumas ausências nessa lista. As duas mais famosas são Taiwan, cuja independência não é reconhecida pela China, e o Vaticano que, apesar de ficar de fora do cadastro da ONU, é “observador permanente” da entidade, status que dá direito a voto nas conferências. Além desses dois, a ONU não contabiliza possessões e territórios. Diante das informações anteriores e de seus conhecimentos de divisão político‐geográfica internacional, NÃO é correto afirmar:
  • A. Palestina ocupa a mesma posição do Vaticano na ONU, como “observador permanente”.
  • B. Aruba, Ilhas Cayman e Groelândia não são reconhecidos pela ONU como nações independentes.
  • C. Para ser membro da ONU, o país deve ter fronteiras definidas, sustentação econômica – uma moeda ajuda bastante – e soberania nacional e ainda deve ser reconhecido pelos outros integrantes da Organização.
  • D. As associações esportivas baseiam suas relações de nações de acordo com a ONU, como é o caso do Comitê Olímpico Internacional, e da Fifa, permitindo a participação em suas competições apenas dos países integrantes desta Organização.