Uma determinada Seguradora vem atuando num determinado segmento do mercado com uma participação de 12,5%, taxa líquida média de 2,5%o (por mil) e obtendo um resultado 2% dos prêmios, com uma sinistralidade de 60%. O mercado vem operando com uma taxa média de 2,1%o (por mil) e obtendo uma sinistralidade de 40%. A seguradora fez uma pesquisa de mercado e identificou que, mantidas as condições atuais, perderá 50% da sua atual carteira. Mas, dentro do planejamento estratégico, objetiva dobrar a atual carteira e, com isso, admite que sua forma de trabalho (subscrição) será recomposta entre a parte da carteira atual que permanecerá. A nova influência do mercado, considerando que os critérios de aceitação e política de comercialização do mercado permanecerão constantes e, que a seguradora, para atingir seus objetivos, mesmo com a perda de 50% da carteira atual, irá trabalhar com um carregamento de 33,3% sobre o prêmio comercial, a taxa líquida a ser praticada pela Seguradora deverá ser de:

 

Obs.: Não considerar MS – Margem de Segurança, neste caso.

  • A. 1,4%o
  • B. 1,5%o
  • C. 1,8%o
  • D. 2,0%o
  • E. 2,2%o