Auditoria Fraude e Erro

Atenção: As questões de números 49 e 50 referem-se ao texto abaixo.

Um auditor externo ao proceder a auditoria da empresa Grãos e Cia, constata no ano de 2010, na fase pré-operacional da unidade construída em Palmas, o custo de R$ 18.000.000,00 relativos à terraplanagem do terreno da fábrica. Foram feitos os testes, que evidenciaram que o contrato de serviços de terraplanagem foi realizado com empresa devidamente constituída juridicamente e em atividade normal. O pagamento do serviço contratado foi efetuado à empresa de terraplanagem e comprovado por pagamento eletrônico constante do extrato bancário. O auditor em procedimento complementar e diante da expressividade dos valores foi até a unidade verificar os serviços. Ao indagar alguns funcionários foi informado que o serviço de terraplanagem havia sido feito pela prefeitura da cidade, a qual também doou o terreno a empresa Grãos e Cia. Os funcionários também informaram que nunca esteve na empresa Grãos e Cia qualquer funcionário da empresa de terraplanagem contratada.

A situação evidencia uma operação de

  • A.

    erro contábil e financeiro.

  • B.

    fraude contábil e financeira.

  • C.

    ato incondicional com distorções contábeis e financeiras.

  • D.

    ato condicional, sem efeitos contábeis e financeiros.

  • E.

    falha de governança, sem impacto na auditoria.