Auditoria

O auditor, ao se deparar com registro contábil efetuado na empresa auditada com interpretação incoerente com a norma contábil, está diante de

  • A.

    uma fraude contábil por se tratar de ato não intencional.

  • B.

    um erro por se tratar de ato não intencional.

  • C.

    um erro por se tratar de ato intencional.

  • D.

    uma fraude por se tratar de fato praticado voluntariamente.

  • E.

    um erro por ter sido praticado manipulando o fato.