Auditoria

Acerca do exercício da auditoria pelo TCU, dada a singularidade constitucional de que o órgão se reveste, é correto afirmar que:

  • A.

    por serem soberanas, suas normas de auditoria não são passíveis de aplicação conjunta com outras normas profissionais.

  • B.

    para além da legalidade, o objetivo da auditoria avança sobre a eficiência e a eficácia de programas e atividades governamentais.

  • C.

    a realização de auditorias a mando do Poder Legislativo demonstra a subordinação hierárquica do TCU ao Congresso Nacional.

  • D.

    em relação ao Controle Interno dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, as normas de auditoria do TCU são mandatórias.

  • E.

    a função judicante do TCU implica uma normatização de procedimentos de auditoria com natureza mais jurídica do que técnica.