Ao avaliar o sistema contábil, incluindo o controle interno, tanto em termos de concepção quanto de funcionamento, o auditor poderá detectar eventos que sejam indicativos de erros e fraudes, onde os erros, diferentemente das fraudes, são caracterizados por
  • A. manipulação planejada de documentos.
  • B. supressão intencional de transações nos registros contábeis.
  • C. apropriação indébita de ativos.
  • D. ato não intencional de má interpretação de fatos contábeis.
  • E. adulteração de documentos.