O auditor verificou que houve ato intencional de omissão de informação por parte de funcionários da entidade auditada. Essa situação obrigou-o a assessorar a administração, informando-a, por escrito e de maneira reservada, uma vez que, nos termos da Resolução CFC 986/2003, trata-se de
  • A. erro.
  • B. inconsistência.
  • C. desvio.
  • D. adulteração.
  • E. fraude.