A opinião do auditor precisa estar fundamentada em fatos comprovados, evidências factuais e informações irrefutáveis. Considere um auditor que precisa certificar-se de (i) informações relativas a empréstimos contraídos pela entidade auditada, tais como: valores amortizados, atualização monetária e juros e (ii) precisão dos valores apresentados de equivalência patrimonial sobre os investimentos.

Esse auditor deve recorrer, respectivamente, às técnicas de

  • A. conferência de cálculos e de exame da escrituração
  • B. circularização e de conferência de cálculos
  • C. circularização e de exame da escrituração
  • D. exame da escrituração e de inquérito
  • E. inquérito e de circularização