O nível de confiança dos dados contábeis e financeiros de uma empresa está diretamente ligado à eficiência dos controles internos associados aos processos. Sendo assim, existe uma relação que pode ser estabelecida entre os procedimentos de auditoria e a eficiência dos controles internos relacionados a um determinado processo. Nesse sentido, essa relação se explicita da seguinte forma:
  • A. o auditor deve realizar testes substantivos nos processos com uma alta carga de controles internos.
  • B. o volume de testes de auditoria pode ser reduzido em um processo com controles internos eficientes.
  • C. a aplicação de testes de auditoria não é necessária para processos com controles internos eficientes.
  • D. a equipe de auditoria não precisa ser muito experiente em caso de testes nos processos com controles internos eficientes.
  • E. os testes de observância devem ser aplicados em todo o sistema de controles internos da empresa.