Após a emissão do relatório final, inicia-se uma nova fase no processo de auditoria interna, que é o acompanhamento da implementação das ações corretivas. Para essa fase, a área ou setor auditado e responsável pelas ações corretivas deve
  • A. definir, em conjunto com os gerentes da empresa, qual o impacto das ações corretivas no processo produtivo da Companhia.
  • B. elaborar um plano de ação corretiva, em conjunto com os funcionários da Companhia, levando em consideração o prazo para emissão do próximo relatório de auditoria.
  • C. executar o plano de ação montado pela Auditoria Interna da Companhia, de acordo com as recomendações do relatório final.
  • D. organizar um plano de ação discutido e aprovado em conjunto com a Auditoria Interna, considerando aspectos como: prazo, orçamento, ferramentas, contingente e treinamento.
  • E. definir o prazo para execuções das ações corretivas, em conjunto com a diretoria executiva da Companhia, que irá definir as diretrizes para elaboração do plano corretivo.