A eficiência da auditoria na definição e utilização da amostra pode ser melhorada se o auditor:
  • A. aumentar a taxa de desvio aceitável da amostra, reduzindo o risco inerente e com características semelhantes.
  • B. diminuir o percentual a ser testado, mas utilizar a seleção não estatística para itens similares.
  • C. concluir que a distorção projetada é maior do que a distorção real de toda a amostra.
  • D. estratificar a população dividindo-a em subpopulações distintas que tenham características similares.
  • E. mantiver os critérios de seleção uniformes e prédefinidos com a empresa auditada.