Biblioteconomia Biblioteconomia

Entre os critérios para qualificação de obra rara, não estão:

  • A.

    primeiras impressões dos séculos XIV e XVI, em que estão incluídos os incunábulos; obras editadas no Brasil até o final do século XIX; edições com tiragens reduzidas com aproximadamente 300 exemplares; edições de luxo.

  • B.

    impressões dos séculos XV, XVI, XVII e XVIII; livros brasileiros publicados até 1850; primeiras edições até o final do século XIX; edições clandestinas; edições populares, especialmente romances e folhetos literários.

  • C.

    obras esgotadas, especiais e fac-similares, personalizadas e numeradas, críticas, definitivas e diplomáticas; obras autografadas por autores renomados; obras de personalidades de projeção política, científica, literária e religiosa.

  • D.

    exemplares de coleções especiais; exemplares com anotações manuscritas de importância, incluindo dedicatória; edições censuradas; obras desaparecidas face à contingência do tempo.

  • E.

    edições de artífices renomados; periódicos estrangeiros dos séculos XV ao XIX; primeiros periódicos brasileiros técnico-científicos; edições especiais; exemplares de coleções, com encadernações luxuosas ou belas, carimbos e ex-libris.