Questão 401194 - Classificação decimal universal (CDU): estrutura, princípios e índices principais e emprego das tabelas auxiliares.

Concurso: Ministério Público Estadual - SE (MPE/SE) 2010

Cargo: Analista do Ministério Público - Área Biblioteconomia

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Biblioteconomia Organização e tratamento da informação Classificação decimal universal (CDU): estrutura, princípios e índices principais e emprego das tabelas auxiliares.

De acordo com as regras básicas da Classificação Decimal de Dewey para a escolha de um número de classificação, uma obra sobre a

I. influência da região Nordeste na história de Sergipe deve ser classificada em Sergipe, e não na região Nordeste.

II. história de Sergipe, de Alagoas e da Bahia deve ser classificada no número de Sergipe.

III. história de Sergipe, que inclua informações sobre as cidades de fronteira com a Bahia, deve ser classificada em Sergipe.

Pode-se afirmar que

  • A.

    III está incorreta: uma obra com dois assuntos, mesmo que um receba tratamento mais extenso que o outro, é classificada no número mais geral.

  • B.

    I está incorreta: uma obra sobre a aplicação ou a influência de um assunto sobre outro é classificada com o primeiro assunto e não com o segundo.

  • C.

    II está incorreta: uma obra que trate igualmente três ou mais assuntos é classificada no número mais geral que inclua todos.

  • D.

    I, II e III estão corretas: as regras da CDD para a escolha de um número de classificação são importantes para padronizar o acervo e evitar discrepâncias.

  • E.

    I, II e III estão incorretas: na I, deve-se optar por um número que inclua os dois assuntos; na II, deve-se optar pelo número que vier primeiro na tabela; e na III, deve-se optar pela notação um nível acima dos assuntos.