Biblioteconomia Organização e tratamento da informação

A complexidade e as dificuldades na implementação do formato MARC têm sido apontadas como barreiras na sua adoção pelas bibliotecas. No entanto, o seu uso apresenta uma série de vantagens, entre as quais:

I. Permitir que as bibliotecas substituam um sistema automatizado por outro sem prejuízo dos dados.

II. Oferecer uma série de requisitos funcionais, estruturados por módulos, como catalogação, circulação, interface de acesso e navegação entre bases de dados.

III. Servir como veículo para todos os tipos de dados bibliográficos.

Ocorre que
  • A. I, II e III estão corretos; o MARC é um padrão para entrada e manuseio de informações bibliográficas em computador.
  • B. II está incorreto; tratam-se de características próprias de um programa para gerenciamento de bibliotecas.
  • C. I, II e III estão incorretos; o MARC é um formato de comunicação que visa à portabilidade de dados.
  • D. I está incorreto; essa é função do padrão Z39.50, usado para preservar registros de bases de dados.
  • E. III está incorreto; refere-se a um dos atributos da norma ISO 2709, que dá estrutura para a organização de dados.