De forma geral, os Sistemas Internacionais de Informação são fundamentados na:

  • A. descentralização das funções de entrada e de saída e na centralização das funções de criação de bases de dados e de manutenção do sistema;
  • B. centralização das funções de entrada e de saída e na descentralização das funções de criação de bases de dados e de manutenção do sistema;
  • C. criação de diretrizes para elaboração de projetos, visando o intercâmbio nacional e internacional;
  • D. elaboração de listas de discussões, visando compor uma rede de informação entre os órgãos reconhecidos pelas comunidades econômicas, sociais e culturais;
  • E. formação de perfis específicos, de acordo com os interesses políticos e econômicos dos órgãos membros dos sistemas