Ranganathan propôs um conjunto de leis que permitem expressar as metas fundamentais que os serviços de informação devem alcançar. Nessa perspectiva, pode-se considerar que a lei

  • A.

    "A biblioteca é um organismo em crescimento" enuncia que os recursos bibliográficos crescem invariavelmente em progressão geométrica.

  • B.

    "A cada livro o seu leitor" afirma que o papel da biblioteca é passivo e que os dados sobre o empréstimo indicam taxa de satisfação.

  • C.

    "A cada leitor o seu livro" afirma unicamente a necessidade de se ter no acervo o item procurado pelo leitor.

  • D.

    "Os livros são para usar" indica que o custo por uso não deve interferir na decisão sobre a política de formação de acervo.

  • E. "Poupe o tempo do leitor" afirma que o tempo do usuário tem um custo que deve ser considerado na análise de custo-eficácia de um serviço de informação.