A Bibliometria, introduzida no Brasil, na década de 70 pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, define-se como a análise

  • A.

    da ciência através da produção escrita e as interações entre produção e consumo de informação em ambientes de negócios.

  • B.

    do crescimento exponencial da ciência e sua expressão qualitativa relacionada às necessidades informacionais dos usuários potenciais.

  • C.

    da circulação de documentos e uso de fontes de informação, tendo em vista desenvolver coleções exaustivas.

  • D.

    da relação entre recuperação de informações e custobenefício de um serviço de informação expressa em termos financeiros.

  • E.

    estatística dos processos de comunicação escrita, tratamento quantitativo (matemático e estatístico) das propriedades e do comportamento da informação.