O artigo discute a informação jurídica a partir de três formas básicas: doutrina, legislação e jurisprudência. Com o objetivo de identificar os procedimentos mais adequados para a análise documentária no campo, apresenta e descreve as características de cada uma daquelas formas. Por meio da análise de documentos sobre direito de família, estuda a recuperação da informação no campo e propõe um instrumento de indexação próprio. A conclusão é que para cada forma da documentação jurídica é preciso adotar procedimentos diferentes para a análise e para a representação temática, o que exige uma análise detalhada de conteúdos e objetivos.

O texto cima é exemplo de resumo

  • A.

    breve.

  • B.

    informativo.

  • C.

    indicativo.

  • D.

    expositivo.

  • E.

    crítico.